DEFENDENDO O SERVIDOR PÚBLICO
Redes Sociais:

Notícias CNSP

Declaração do ministro Paulo Guedes sobre concursos públicos

Publicado em: 12/06/2019

Recentemente, o ministro da economia, Paulo Guedes, disse durante audiência na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados que suspenderá concursos públicos porque há servidores demais no Brasil. A Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP), entidade que representa, por meio de suas afiliadas, cerca de 800 mil servidores em todo o Brasil, tem a responsabilidade de esclarecer ao ministro a respeito deste tema. Segundo o Atlas do Estado Brasileiro, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o Brasil tem 11,492 milhões de servidores – dado de 2016 que foi divulgado em dezembro de 2018. Esse número corresponde a cerca de 6% da população nacional. Pode parecer muito, mas a verdade é que estamos atrás de países com altos índices de desenvolvimento humano, como Dinamarca e Noruega (30%), Suécia (28%), Luxemburgo (26%) e Reino Unido (23%), segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). Portanto, não há servidores demais no Brasil. Pelo contrário, faltam servidores e estamos muito atrás da média mundial. Os concursos públicos são necessários e representam a melhor maneira de selecionar os mais capacitados para cargos em área estratégicas, como educação, segurança e saúde.

 

Antonio Tuccílio, presidente da CNSP