DEFENDENDO O SERVIDOR PÚBLICO
Redes Sociais:

Notícias CNSP

CNSP | STF e as lagostas

Publicado em: 27/05/2019

Supremo Tribunal Federal (STF)

Nesta semana, o portal O Antagonista e o jornal O Estado de S. Paulo noticiaram que ao final de uma sessão da Primeira Turma do STF o ministro Marco Aurélio Mello se queixou, em tom de ironia, do cardápio de um almoço que viria a ser oferecido pelo também ministro Dias Toffoli. “Há convite para um almoço sem lagosta”, teria dito Marco Aurélio, rindo. A Confederação Nacional dos Servidores Públicos, assim como milhões de brasileiros, já havia repudiado a encomenda do STF de lagostas e vinhos ao custo de R$ 1,1 milhão. Agora, a entidade repudia a ironia do ministro. A CNSP pede aos membros do STF que façam autocrítica. É inadmissível que os ministros gastem tanto com questões supérfluas enquanto há milhões de brasileiros, muitos deles desempregados, que passam dificuldades para colocar um prato de comida na mesa. Não admitimos essa provocação. É fazer piada com o povo.

 

Antonio Tuccílio,

Presidente da CNSP