DEFENDENDO O SERVIDOR PÚBLICO
Redes Sociais:

João Doria gasta R$ 1 bilhão com aliados políticos enquanto servidores perdem seus direitos

Publicado em: 01/09/2021

Autor: Antonio Tuccilio, presidente da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP)

O governador do Estado de São Paulo João Doria é cheio de novidades e surpresas. A última envolve a multiplicação de verbas políticas, precarizando a transparência, além de gasto de cerca de R$ 1 bilhão com deputados federais, estaduais e uma senadora (Mara Gabrili). Está claro que isso é o início de uma mega campanha visando a Presidência da República no próximo ano. 

 

Curiosamente, esses recursos beneficiam não somente os seus aliados na Assembleia Legislativa, mas também deputados federais. Até o final de julho, R$ 1 bilhão em recursos extras foram liberados para os parlamentares distribuírem para suas bases políticas, gastos diversos (como obras públicas) e em saúde. A título de comparação, esse impressionante volume de recursos destinado aos políticos é quase seis vezes maior que o liberado em 2020, que foi R$ 182,9 milhões.

 

Muito curiosa essa liberação ocorrer praticamente ao mesmo tempo em que o Projeto de Lei Complementar (PLC) 26 foi aprovado. Ao mesmo tempo em que o senhor governador favorece os seus aliados políticos, retira direitos de servidores públicos, prejudica aposentados e pensionistas e desfavorece os mais pobres. 

 

Essa política de tirar dos pobres para dar aos políticos é velha no Brasil. Mas isso não significa que devemos fingir que nada está acontecendo. 

 

R$ 1 bilhão! Ele não só ampliou o valor, como também a lista de contemplados. Segundo dados apurados pela imprensa são 34 deputados federais e a senadora Mara Gabrilli (PSDB – SP). 

 

De que importa o bem-estar do povo, não é mesmo? A popularidade ganha votos. Isso tudo só veio à tona por conta de uma investigação jornalística que teve acesso aos documentos. Imagine só o que não é divulgado? O que nunca saberemos?