DEFENDENDO O SERVIDOR PÚBLICO
Redes Sociais:

Artigos CNSP

Nota CNSP

Publicado em: 03/08/2020

A Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP), juntamente com demais entidades que lutam pela defesa dos servidores, solicita ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a liberação imediata dos depósitos judiciais de precatórios alimentares.

Nota da CNSP

 Por meio de seu diretor jurídico, Dr. Julio Bonafonte, a CNSP reforça que os servidores não podem aguardar nem mais um minuto para receber o que lhes é de direito. Afinal, mais de 100 mil credores de precatórios alimentares já faleceram sem receber os valores garantidos em lei.

 A CNSP exige, também, urgência para o CNJ acatar o seu pedido, evitando, assim, maiores prejuízos aos credores idosos no pagamento, especialmente os de caráter alimentar.

É importante lembrar que os idosos ainda permanecem no grupo de risco para a contaminação da COVID-19, que segue vitimando pessoas em todo o Brasil e no mundo, submetendo essa parcela da população a muitas dificuldades financeiras, que vão se agravando à medida que a decisão da Justiça não é acatada.