DEFENDENDO O SERVIDOR PÚBLICO
Redes Sociais:

Artigos CNSP

Nota de repúdio - Paulo Guedes x servidores públicos

Publicado em: 22/05/2020

Repudiar declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, tem se tornado um ato cada vez mais comum. Praticamente em todas as semanas ele ataca os servidores públicos. Em declaração recente, Guedes afirmou que o que ele chama de “blindagem” a certas categorias de reajustes salariais, no contexto do auxílio aos estados, é um saque nas receitas do país e que os servidores públicos são “assaltantes”.

Nota de repúdio - Paulo Guedes x servidores públicos

Como muitos sabem, o reajuste de salários de servidores está sendo congelado até o fim de 2021, devido ao coronavírus – exceto o de algumas categorias ligadas à segurança pública, educação e saúde. O ministro não aceita a exceção e, por isso, classifica esses trabalhadores como bandidos, como se estivessem roubando aquilo que lhes é de direito.

 

Paulo Guedes parece insistir em uma cruzada contra o serviço público, mas adianto que essa é uma batalha perdida. Com crise ou sem crise, o serviço público continuará de pé. E enquanto ele nos atacar, nós estaremos aqui para nos posicionar e lembrá-lo que os servidores públicos são essenciais ao país e devem ser respeitados.

 

Antonio Tuccílio,

Presidente da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP)