DEFENDENDO O SERVIDOR PÚBLICO
Redes Sociais:

Artigos CNSP

Nota de repúdio ao governador João Doria

Publicado em: 24/10/2019


A Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP), entidade que representa cerca de 800 mil servidores por meio de suas afiliadas, repudia a declaração do atual governador do Estado de S. Paulo, João Doria, direcionada a um policial militar aposentado que protestava durante evento em Taubaté (SP). “Vai pra sua casa, vai comer sua mortadela com a sua mãe, seu sem vergonha. Eu respeito é policial que trabalha", falou ao manifestante. Ao público, disse: “Povo trabalhador, levante seu braço, mostre que você trabalha. Mostre que você gosta de Taubaté. Mostre aqui para esses vagabundos que não têm o que fazer".

A declaração é um desrespeito a todos os policiais aposentados, que dedicaram suas vidas para manter a segurança da sociedade, apesar da carga horária extensa e sem remuneração de horas extras e dos perigos inerentes desta profissão, que incluem os altos índices de depressão, doenças vasculares, suicídios e óbitos durante o trabalho.

No papel de governador e, portanto, responsável pela segurança do estado, João Doria devia evitar atacar policiais e se dedicar a uma gestão mais eficaz da PM que, vale lembrar, é de responsabilidade de seu partido, o PSDB, há décadas e ainda deixa muito a desejar.

Antonio Tuccílio, presidente da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP)