DEFENDENDO O SERVIDOR PÚBLICO
Redes Sociais:
  • Reforma administrativa: Fim da estabilidade favorece perseguição ideológica de servidores
  • CNSP envia ofício ao Senado a favor da incorporação de vantagens
  • Precatórios: o calote precisa ter fim
  • Nota de repúdio
  • Reforma tributária: o fim da defasagem do Imposto de Renda é urgente
  • Projeto contra abuso de autoridade é tentativa de barrar a Lava Jato
  • A reforma da Previdência ainda precisa de mudanças
  • Nota de posicionamento - Fundo partidário

Fala do Presidente

Reforma administrativa: Fim da estabilidade favorece perseguição ideológica de servidores

Por Antonio Tuccilio

A gestão do presidente Jair Bolsonaro (PSL) promete muitas reformas. A da Previdência já está no Senado e provavelmente será aprovada. A tributária, que há décadas é tida como uma necessidade, deve entrar na pauta em breve. E, para completar o time das reformas, uma administrativa vem ganhando forma. Alguns dos pontos já divulgados merecem apreciação crítica, pois podem prejudicar o serviço público no Brasil; É o caso da possibilidade de acabar com a estabilidade para servidores.

Leia mais

Destaque

Aposentadoria dos policiais e bombeiros militares

Por Álvaro Gradim - presidente da AFPESP

Os servidores públicos militares podem ser muito penalizados com a Reforma da Previdência (PEC 6/2019), que está em discussão no Congresso Nacional. O governo anunciou que poderá tratá-los como os militares das Forças Armadas, mas com aumento de tempo de serviço e das alíquotas de contribuição.

Ocorre que os Policiais Militares e os Bombeiros Militares seguem legislações estaduais próprias em cada estado. Em alguns estados já não são garantidas a integralidade e a categoria é obrigada a contribuir para fundos complementares.

Leia mais